domingo, 9 de maio de 2010

"Mãe...

São três letras apenas as desse nome bendito .
Também o céu tem três letras e nelas cabe o infinito.
Para louvar a nossa mãe, todo bem que se disser,
Nunca há de ser tão grande, como o bem que ela nos der.
Palavra tão pequenina,
bem sabem os lábios meus,
Que és do tamanho do céu
E apenas menor do que Deus".
Mário Quintana.

Nenhum comentário: