quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Ano Novo, olhar novo



*Texto de Carlos Drummond de Andrade*
*FELIZ OLHAR NOVO*
"O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua
história.
O grande lance é viver cada momento como se a receita de felicidade fosse o
AQUI e o AGORA.
Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove
demais..., mas, pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos
uma vez ao dia? Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de
uma discussão na ida pro trabalho?
Quero viver bem! Este ano que passou foi um ano cheio. Foi cheio de coisas
boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões. Normal. As
vezes a gente espera demais das pessoas. Normal. A grana que não veio, o
amigo que decepcionou, o amor que acabou. Normal.
O ano que vai entrar vai ser diferente. Muda o ano, mas o homem é cheio de
imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a
gente deseja, mas e aí? Fazer o quê? Acabar com o seu dia? Com seu bom
humor? Com sua esperança?
O que desejo para todos é sabedoria! E que todos saibamos transformar tudo
em boa experiência! Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal
educado. Ele passou na sua vida. Não pode ser responsável por um dia ruim...
Entender o amigo que não merece nossa melhor parte. Se ele decepcionou,
passe-o para a categoria 3. Ou mude-o de classe, transforme-o em colega.
Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém.
O nosso desejo não se realizou? Beleza, não estava na hora, não deveria ser
a melhor coisa pra esse momento (me lembro sempre de um lance que eu adoro):
CUIDADO COM SEUS DESEJOS, ELES PODEM SE TORNAR REALIDADE.
Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano. Não adianta
lutar contra isso. Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o
mundo com generosidade, as coisas ficam bem diferentes.
Desejo para todo mundo esse olhar especial.
O ano que vai entrar pode ser um ano especial, muito legal, se entendermos
nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas
podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro. O ano que
vai entrar pode ser o bicho, o máximo, maravilhoso, lindo, espetacular...
ou... Pode ser puro orgulho! Depende de mim, de você! Pode ser. E que
seja!!!
Feliz olhar novo!!! Que o ano que se inicia seja do tamanho que você fizer.
Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para
repensarmos tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos
podem se tornar realidade somente se fizermos jus e acreditarmos neles!"
*Autor: Carlos Drummond de Andrade*
Feliz Ano Novo
2011

Um comentário:

Rosário Pinto disse...

Querida Ana Rosa,
Sempre que leio o seu blog tenho algo para refletir e acrescentar a minha vida. Você multiplica conhecimentos, coleta mensagens e textos de relevãncia para a inteligência humana. Obrigada por ser a minha tia e ter me dado um primo tão lindo!. Na sua penúltima postagem posta Carlos Drummond de Andrade, que belo olhar... Te amo muito!
Meu ANO NOVO foi belamente inaugurando com uma proramação muito especial: o programa Globo Rural dedicou toda a pauta de aniversário à literatura de cordel, isto para mim é muito importante e, a minha participação significou o reconhecimento de um trabalho de formiguinha, que exerço há mais de 16 anos. Fiquei feliz e quero compartilhar com você esta felicidade. Sou encantada com a poesia popular e trabalho para a sua difusão, portanto, rendo minhas homenagens a todos os poetas que ali estiveram presentes, wevidenciando seus talentos e difundindo a cultura popular - arte do povo, feita pelo povo e dirigida ao povo.
Bjs e, FELIZ ANO NOVO