domingo, 28 de março de 2010

MENSAGEM DO DIA

Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida. (João 8.12)

MENSAGEM DO DIA

"O QUE MAIS ME PREOCUPA NÃO É NEM O GRITO DOS VIOLENTOS, DOS CORRUPTOS, DOS DESONESTOS, DOS SEM CARÁTER, DOS SEM ÉTICA.....
O QUE MAIS ME PREOCUPA É O SILÊNCIO DOS BONS...!! " (Martin Luther King )

"Pecar pelo silêncio, quando se deveria protestar, transforma homens em covardes." (Abraham Lincoln)

sexta-feira, 26 de março de 2010

APOIAMOS A CHAPA NOVOS RUMOS

MARIA GOMES DA SILVA ELOI

Trabalho na Administração Central desde o ingresso na ECT, lotada atualmente no DEPEO, onde exerço o cargo de Técnico de Correios Sênior, na função de Analista II.
Apoio a chapa – 2 (Novos Rumos) pelo posicionamento técnico na busca de melhorias para os profissionais da ECT.
Acompanhei o trabalho do Nani no período de criação/implantação da ADCAP-BSB, onde demonstrou capacidade empreendedora à frente da Associação.

HÉLCIO J. TAGLIOLATTO



Eu votarei na Chapa 2 por sua proposta de tornar a ADCAP um órgão ativo, cujas ações se pautem por defender, de forma clara e sem subterfúgios, os interesses dos empregados que representa.
Conheço o trabalho do Nani frente ao Núcleo Regional da ADCAP em Brasília, por isso sei de sua capacidade de negociação e disposição para o trabalho inovador.

ANA ROSA CARVALHO DE ABREU


Trabalhei na ECT, onde exerci o cargo de Administradora e a função de Inspetora. Prestei concurso público para o Banco Central do Brasil, onde atualmente trabalho como Analista. Pertenço ao Conselho Diretor da Sociedade Civil Maria, Maria, entidade em prol da valorização da mulher, da qual sou sócia fundadora.
Apoio a chapa Novos Rumos-ADCAP porque acredito na competência de seus integrantes para bem representar e defender os direitos dos profissionais da ECT.
Conheço também a capacidade empreendedora, largamente demonstrada pelos colegas Nésio Nani e Sandro na sua atuação para a implantação da ADCAP-BSB.Sou adepta do ditado que diz: Quem sabe, faz.

ULISSES


E já se vão 26 anos de trabalho na ECT. Neste período, tive a honra de compor os quadros de fundação da ADCAP Nacional e da ADCAP MG, tendo atuado tanto na executiva nacional, quanto à frente do núcleo mineiro. Com base nesta experiência, creio na importância da ADCAP como uma instância legítima de discussões, focada nos reais interesses dos profissionais da ECT. Para este trabalho, acredito que a Chapa 2 represente nossa melhor opção, seja pelos compromissos que representa, seja pelos profissionais que congrega, alguns dos quais tive o prazer de conhecer e conviver, pelos quais posso atestar seu profissionalismo, ética e compromisso com nossos melhores valores.

ANGELO DONGA


Eu vou votar na Chapa 2 (Novos Rumos) porque eu quero mudança na ADCAP Nacional.

MILTON LUCAS MENDES


Eu, Milton LUCAS MENDES, apoio a chapa 2 – Novos Rumos, pois estou convicto que é a melhor composição, e de que chegada a hora da categoria se mobilizar em torno de um objetivo comum de defesa profissional, ou seja, a promover criação/ativação do Sindicato dos Empregados de Nível Médio, Técnico e Superior dos Correios – só assim teremos uma legítima representação junto a ECT.

ADCAP NACIONAL - Chapa 2 – Novos Rumos

OBJETIVO: atender às principais demandas da categoria
PRINCIPAIS BANDEIRAS: – fortalecimento dos núcleos regionais, inserção política da categoria, enfrentamento da questão sindical e participação nos Acordos Coletivos.
COMPROMISSO: - defesa intransigente dos interesses dos associados, do bem-estar coletivo e na prosperidade dos Correios;
- aplicação com parcimônia dos recursos financeiros e no zelo pelo patrimônio da ADCAP.

QUEM SOMOS?

Presidente
Nesio Nani Reina Filho

Profissional de carreira na ECT há 27 anos. Com origem na DR/RJ (10 anos nos CDDs Engenho de Dentro, Barra da Tijuca, Cpo Gande, Deodoro, Taquara, Cidade Nova, Bangu, e Dq de Caxias, Fonado e Assessoria de Planejamento de Gestão) quando participou ativamente na formação da associação dos empregados dos correios, hoje sindicato.

Após formar-me no curso de Administração Postal, trabalhou na DR/AM por oito anos na GESIT, período em que foi Presidente do Núcleo Regional/AM, dois mandatos; em mesma época, foi presidente de uma associação de moradores de bairro em Manaus (Parque Dez).

Desde 2002 em Brasília, trabalhou até 2004, na DR BSB. Atualmente trabalha na Administração Central, período em que participou de diversos projetos importantes envolvendo as Diretorias Regionais na área produtiva postal e, ultimamente, de Segurança Operacional.


Vice-Presidente
Helson dos Santos Vellez

Analista de Correios Sr, 23 anos de ECT, formado em Contabilidade e Administração Postal CAP XIV. Iniciou sua carreira profissional na ECT como Administrador na Diretoria Regional do Rio Grande do Sul passando por várias áreas de atuação. Trabalha atualmente na Área Comercial da Diretoria Regional do Rio de Janeiro.

Secretário-Geral
Sandro Soares Senseve

Analista de Correios Sr, 25 anos de ECT, formado em Administração de Empresas, Administração Postal – CAP XII e Direito. Iniciou sua carreira na ECT como Administrador na Diretoria Regional de Brasília em 1984. Trabalha atualmente na Área Comercial da Administração Central. Desempenha atualmente o cargo de Secretário Geral da ADCAP Brasília.


Diretor Administrativo e Financeiro
Ronaldo Diniz Pereira

Técnico de Correios Jr. - Suporte, 38 anos de idade, 19 anos de ECT, formado em Administração, Contabilidade e Pedagogia. Iniciou sua carreira na ECT como Carteiro, em 1991 e foi reclassificado em Concurso Público para Técnico em Contabilidade em 1998. Participou da ADCAP-MG como Conselheiro Fiscal, da ADCAP Nacional como Conselheiro Fiscal Suplente e há cinco anos no cargo de Presidente da ARCO-MG. Também está como Diretor Social da Nação ARCO, com sede em Brasília, pelo 2º mandato consecutivo. Na DR-MG atua na Subgerência de Integração. Nas últimas eleições do Postalis foi candidato ao Conselho Deliberativo com o nome de Ronaldo Prefeito, ficando em 6º lugar nacional em número de votos. Dinamismo é sua principal característica.

Diretor de Comunicação e Desenvolvimento Maurício Fortes Garcia Lorenzo

Analista de Correios Sênior, Especialidade Administrador Postal, formado pelo CAP XV. Exerceu diversas funções executivas na DR/BA e na Administração Central da ECT. Na ADCAP, já foi presidente do Núcleo Regional da Bahia, Diretor e Coordenador da ADCAP Nacional em diversas oportunidades. Atualmente, é o presidente do Conselho Fiscal da ADCAP/BA. Participou ativamente de diversas atividades relevantes para a ADCAP, tendo coordenado a elaboração de propostas de revisão do projeto de lei 1.491/99 (nova lei postal), da revisão do PCCS e da alteração do estatuto e do conselho de ética da ADCAP. Exerce, ainda, a função de conselheiro-suplente do SESI/BA.

Diretor de Relações Funcionais
Dailton Batista de Oliveira

Técnico de Correios Júnior, formado em Administração de Empresas, cursa atualmente MBA em Gestão Empresarial. Desempenha a atividade Operacional Empresarial com passagens como Supervisor Operacional, Coordenador de Unidade Operacional e de Gerente de CDD. Participou em diversos grupos de trabalho com ênfase em cursos preparatórios para concursos dos Correios para a DR/SPM. Atua como consultor no Núcleo da ADCAP/SPM.

Diretor de Relações Externas
Paulo Antônio Veríssimo Ribeiro
Analista de Correios, formado no curso de Administração Postal, trabalhou nas áreas operacional e comercial nas DRs do Paraná e RS, é professor temporário da área de recursos humanos, foi presidente da ADCAP PR e presidente do conselho fiscal da ADCAP nacional, atualmente está no conselho da ARCO PR.

PLATAFORMA

ADMINISTRAÇÃO:
1- Fortalecer os Núcleos Regionais através da administração participativa;
2- Apresentar proposta de redução do repasse atual de 30% dos Núcleos Regionais para a ADCAP Nacional;
3- Transformar a ADCAP Nacional numa legítima Federação representativa dos Núcleos Regionais e associados;
4- Dar início a força tarefa de legalização imediata das ADCAPs Regionais;
5- Trabalhar sempre com equilíbrio orçamentário, e não realizar despesas não autorizadas pelo estatuto e/ou sem a devida aprovação dos Núcleos Regionais e, se for o caso, em Assembléia;
ESTRATÉGIA:
6- Apresentar, para aprovação dos Núcleos Regionais, anualmente, um calendário de lutas detalhado, com planos de mobilização e ação;
7- Viabilizar a criação de um Sindicato, atrelado as categorias pertencentes a ADCAP;
8- Lutar pela representatividade da ADCAP quando das negociações coletivas sindicais com os Correios;
POLÍTICA:
9- Construir no primeiro semestre, em conjunto com os Núcleos Regionais, um plano político para fortalecimento da categoria;
10- Lutar pelas reivindicações dos associados, nas esferas políticas, administrativas, sindicais e judiciais;
11- Construir alianças com as demais organizações coletivas de empregados, movimento 1712 e aposentados dos Correios (sindicais, associações, ONGs etc), visando unir forças para objetivos comuns, resguardando diferenças;
12- Manter os associados informados sobre as mudanças nos Correios, no cenário nacional e internacional.

quinta-feira, 25 de março de 2010

2ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA OSCIP MARIAMARIA




No dia 6 de março de 2010, reuniram-se as associadas da SCMM, para discutir assuntos referentes à festa comemorativa do Dia Internacional da Mulher, a realizar-se no Auditório da ECT, no dia 8 do mesmo mês. Foram tratados outros assuntos importantes, entre os quais a proposta de lançamento do sitio oficial da MariaMaria, coordenado pela colega Cely e outros projetos para o período 2010 a 2015, entre eles os "Correios e o Feminino", que deverá ser coordenado pela Diretora de Projetos da OSCIP, Marise Louvison.

Como não poderia deixar de ser, o momento foi aproveitado para confraternização, quando algumas Marias revelaram seus dotes e conhecimentos de gastronomia.
São sempre aprazíveis esses momentos, pois mostram que com descontração e alegria, estamos caminhando para a realização dos nossos objetivos.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Correios terão de assumir rombo de R$ 1 bilhão em fundo

20/03/2010 - 04h10
Publicidade
da Folha Online

O governo mandou que os Correios assumam rombo de R$ 1,43 bilhão do seu fundo de pensão, o Postalis. O conselho da estatal tem até abril, quando fecha o balanço contábil de 2009, para tomar a decisão, informa reportagem de Leila Coimbra e Andreza Matais publicada neste sábado pela Folha (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL).

A determinação partiu da autarquia Previc (antiga Secretaria de Previdência Complementar), depois que houve resistência da cúpula da estatal em reconhecer a dívida.

Documentos obtidos pela Folha mostram que o secretário de Previdência Complementar, Ricardo Pena, responsável pela fiscalização dos fundos de pensão, ordenou que os Correios saldassem o deficit, sob pena de execução judicial do Postalis.

A diretoria dos Correios sabia que o fundo estava com deficit atuarial (sem recursos suficientes para honrar todas as aposentadorias no futuro). Mas estimava que o buraco era de R$ 630 milhões, e não um valor 120% maior, o que causou desconforto nos dirigentes da estatal. Ligado ao PT, o presidente dos Correios, Carlos Henrique Custódio, reprovou o plano de socorro em reunião do conselho de administração em 2009 e questionou os cálculos.

Se os Correios cobrirem o buraco, terão uma queda vertiginosa nos lucros referentes ao ano passado. Caso provisionem o débito, terão ganhos de apenas R$ 50 milhões. Se reconhecerem a dívida e receberem benefícios referentes ao Imposto de Renda, lucrarão cerca de R$ 460 milhões. O valor é inferior ao registrado no ano anterior (2008), quando os Correios lucraram R$ 800 milhões.

Outro lado

O presidente do Postalis, Alexej Predtechensky, afirma que o deficit no fundo é originário de um processo de equacionamento que se chama pagamento de RTSA (Reserva de Tempo de Serviço Anterior). O RTSA deficitário é relativo ao Plano de Beneficio Definido, programa de aposentadoria que foi extinto e substituído pelo Postalprev.

domingo, 21 de março de 2010

Bateria com música clássica

Declaração do milênio das nações unidas

III-O desenvolvimento e a erradicação da pobreza

Meta definida pela ONU em 2000:

“Reduzir para metade, até ao ano 2015, a percentagem de habitantes do planeta com rendimentos inferiores a um dólar por dia e a das pessoas que passam fome;”

Pobreza

Fenômeno resultante da escassez de recursos para fazer face às necessidades básicas e padrão de vida da sociedade atual.
(PNAI, Portugal 2006-2008)

sexta-feira, 19 de março de 2010

MENSAGEM DO DIA

'Tudo o que é necessário para o triunfo do mal, é que os homens de bem nada façam'. (Edmund Burke)

MARIA,MARIA

O cumprimento do amigo:

Quanta Maria neste lugar!
Só mulher de alta linha:
Maria Luiza, Maria Rosário,
Maria de Lourdes, Dalinha.
Três divas da nossa cultura.
Como combina a mistura!
Feito feijão com farinha.

Cordel de Saia é sucesso,
Daqueles já garantido.
Quem aprecia um verso,
Vai chegar neste partido.
Fiquei freguês, certamente!
Deste espaço de patente,
Sem me achar um metido.

Cordialmente,

Ricardo Aragão
Ipu(CE)

E a resposta da Maria, como não poderia deixar de ser:
Olá Ricardo,

Amigo, muito obrigado
Pela sua atenção
Cordel de Saia bombando
E não é assombração
Deixe lá o seu recado
Um beijo no coração
rosário

PROCESSO SELETIVO - VAGA DE ATENDENTE

QUIOSQUE DE PICOLÉS ITALIANOS

SHOPPING IGUATEMI BRASÍLIA (INAUGURAÇÃO DIA 30 DE MARÇO)

Não é praça de alimentação.

Para maiores de 18 anos, que gostam de lidar com o público,
comunicativos, não se exige experiência.

Horários: MANHÃ/TARDE ou TARDE/NOITE, 1 folga semanal e 1 domingo por mês.

Salário de R$ 700, carteira assinada, auxílio refeição e transporte.

Enviar currículo com foto para beatriz@gelatodiletto.com

quinta-feira, 18 de março de 2010

HABACUQUE 3 :17-19

17 Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide, ainda que o produto da oliveira falhe, e os campos não produzam mantimento, ainda que as ovelhas sejam exterminadas, e nos currais não haja gado,
18 todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação.
19 O Senhor é a minha força; torna os meus pés como os das corças, e me faz andar sobre lugares altos.
(Ao diretor de música. Para meus instrumentos de corda.)

VALEU - Paulinho Boca de Cantor

VALEU - Paulinho boca de cantor

Dois namorados olhando o céu
Chegam a mesma conclusão
Mesmo que a terra não passe da próxima guerra
Terra.... mesmo assim valeu.
Valeu encharcar esse planeta de suor
Valeu esquecer das coisas que eu sei de cor
Valeu encarar essa vida que podia ser melhor
Valeu.... valeu... (valeu....)
Valeu.... valeu...
Valeu ... valeu...
Valeu.... valeu...
Dois namorados olhando o céu
Chegam a mesma conclusão
Mesmo que a terra não passe da próxima guerra
Terra.... mesmo assim valeu (valeu)
Valeu encharcar esse planeta de suor
Valeu esquecer das coisas que eu sei de cor
Valeu encarar essa vida que podia ser melhor
Valeu... êêê valeu...
Valeu... valeu...
Valeu... valeu... (valeu...).
Valeu... valeu...
Valeu... valeu... valeu...

VALEU A BELEZA DAS FLORES

Se não houver frutos, valeu a beleza das flores; se não houver flores, valeu a sombra das folhas; se não houver folhas, valeu a intenção da semente.

Henfil

MENSAGEM DO DIA

“Uma pessoa inteligente resolve um problema, um sábio o previne.” (Albert Einstein)

PROCESSO SELETIVO

ONG Viver (localizada na Cidade Estrutural), seleciona:

Nutricionista/20hs:

- Formação Superior Completa em Nutrição;
- Planejamento de cardárpios;
- Supervisão de cozinha;
- Coordenação do processo de produção de refeições;
- Conhecimento em segurança alimentar e higiene de alimentos;




Professor de Educação Física/20hs:

- Formação Superior Completa em Educação Física;
- Desejável experiência em projetos sociais;
- Ministrar aulas de futebol (faixa etária de 12 a 16 anos).



Interessados encaminhar currículo para: fabiana@viver.org.br

Para conhecer o trabalho da Associação Viver, acesse: www.viver.org.br

PROCESSO SELETIVO

Estamos contratando o seguinte profissional:

- Cozinheira - 44h/semanais

Interessados enviar CV para casadocaminhodf@hotmail.com ou entregar na QNJ 10 - Área Especial 6 - Taguatinga Norte

Atenciosamente,

Regina Lopes
Coordenadora Administrativa

terça-feira, 16 de março de 2010

PROCESSO SELETIVO - PROFESSORES

Nesta quinta -feira dia 18/03/2010,ás 9:00 h da manhã estaremos fazendo
entrevista para 8 vagas de professores formados.os candidatos deverão trazer
curriculo com foto.

End:Centro Social Comunitário Tia Angelina
Quadra 04 Chacara 28 - Varjão

domingo, 14 de março de 2010

Lições da prisão (Crônica da cidade) (Artigo)

Data: 14/03/2010
Veículo: CORREIO BRAZILIENSE - DF
Editoria: CIDADES
Assunto principal: ASSUNTOS GDF

Por Conceição Freitas
conceicaofreitas.df@dabr.com.br

Não é difícil aceitar como verídico o relato de que o governador afastado JOSÉ ROBERTO ARRUDA está deprimido e de que nunca imaginava ver essa fúria moral contra ele. O isolamento a que está condenado o governador há mais de um mês traz terrível aprendizado sobre como se dão as relações políticas e profissionais nesse mundo de meu Deus.

A vida tem me ensinado a manter distância regulamentar do poder instituído, qualquer que seja ele. A circunferência em torno dos poderosos costuma ser território onde a hipocrisia brota desavergonhadamente. Ninguém confia em ninguém, ninguém mostra a cara que na verdade tem e neste pântano tudo pode acontecer.

Há alguns meses, quando de uma homenagem ao vice-presidente José Alencar, o presidente Lula disse que, no máximo, o ser humano pode contar com dez amigos, e ele, como tem um dedo a menos, nem pode contar com tantos assim. Nisso, Lula soube ser sábio. Na sua condição de PR, como o presidente da República costuma ser tratado na burocracia interna do Palácio do Planalto, nessa condição é muito fácil se deixar levar por adulações as mais inacreditáveis.

É preciso cuidar de sempre manter a palma dos pés inteiramente grudadas no chão e vigiá-las para que, no gozo dos elogios, paparicações e demonstrações de apreço, o poderoso não se deixe levar pela ilusão de que tem mais amigos do que a média dos demais mortais.

E não apenas os que fazem parte do poder instituído. Os ricos, as celebridades, os bem-sucedidos em geral - todos podem cair na esparrela de que são mais amados que os outros. Tolice. No primeiro fracasso, o adulado vai conferir quem é mesmo amigo. É bem provável que não haja anéis para todos os dedos.

Costuma-se dizer que se conhecem os amigos nas horas difíceis. No caso de Arruda, a hora é inacreditavelmente difícil. O governador caiu no abismo sem paraquedas e, ainda segundo notícias publicadas, não sobrou nem meia dúzia de amigos.

Não conheço o governador (só o cumprimentei uma vez no velório de um arquiteto candango). Salvo por algumas obras que melhoraram o fluxo de veículos, o engenheiro JOSÉ ROBERTO ARRUDA não fez pela cidade o que ela urgentemente necessita e ainda permitiu que ela continuasse a ser loteada pelas grandes construtoras, mas me compadeço pelo que o ser humano JOSÉ ROBERTO ARRUDA está passando.

Como todos os brasilienses que querem que Brasília seja uma cidade de verdade, na qual todos possam dela usufruir, torço para que a Justiça seja feita, com o rigor necessário, que os poderes locais possam recuperar a lisura perdida e que a cidade possa começar de novo. Não será fácil assim, será um longo processo. Esta cidade precisa se desintoxicar do poder e dos delírios de grandeza que costumam acompanhar os poderosos. Sob pena de cair novamente no abismo.

sábado, 13 de março de 2010

sexta-feira, 12 de março de 2010

PROCESSO SELETIVO - contratação de profissionais

Estamos contratando os seguintes profissionais:

- Porteiro - 44h/semanais
- Cozinheira - 44h/semanais
- Assistente Social - 30h/semanais
- Psicóloga - 44h/semanais

Interessados enviar CV para casadocaminhodf@hotmail.com ou entregar na QNJ 10 - Area Especial 6 - Taguatinga Norte


Regina Lopes
Coordenadora Administrativa

PROCESSO SELETIVO - PROFISSIONAIS

Estamos selecionandos os seguintes profissionais:

01 Secretária Escolar - com ensino médio completo e curso de secretariado escolar;
01 Professor de Educação Infantil - com formação em Pedagogia e experiência na áre;
01 Auxiliar de serviços gerais
01 Motorista - com habilitação profissional
01 Monitor de educação infantil- ensino médio completo e experiêcia na área.

Interessados enviar curriculo para o endereço: crechesaovicentedepaulo@hotmail.com
Especificar a área de interesse no assunto.


Amanda Siqueira
Gestora CrecheSVP

quarta-feira, 10 de março de 2010

ECT: EX-PRESIDENTE DEMITIDO POR JUSTA CAUSA

Fonte: Clipping do TSE/Blog do Cláudio Humberto
Presidente da Empresa de Correios e Telégrafos por mais de dois anos no governo Lula, Jânio Pohren, funcionário de carreira, deverá ser demitido por justa causa em razão de "infração gravíssima". Ele e outros funcionários foram responsabilizados por contrato com superfaturamento, dispensa de licitação irregular e sobrepreço. Na época, Pohren era assessor da Diretoria de Operação da ECT.

terça-feira, 9 de março de 2010

MENSAGEM DO DIA

"O orgulho devora a si mesmo." (William Shakespeare)

DECRETO DE 8 DE MARÇO DE 2010.

Institui o Grupo de Trabalho Interministerial para elaborar proposta de criação do Memorial da Mulher Brasileira.


O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso VI, alínea “a”, da Constituição,

DECRETA:

Art. 1o Fica instituído o Grupo de Trabalho Interministerial para elaborar proposta de criação do Memorial da Mulher Brasileira, destinada a assegurar o direito à memória, o reconhecimento da contribuição das mulheres brasileiras ao desenvolvimento social, econômico e cultural da nação brasileira, o resgate dos diversos registros existentes e a promoção de cultura de igualdade entre os gêneros.

Art. 2o O Grupo de Trabalho será composto por um representante de cada órgão a seguir indicado:

I - Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, da Presidência da República, que o coordenará;

II - Casa Civil da Presidência da República;

III - Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão; e

IV - Ministério da Cultura.

§ 1o Os membros do Grupo de Trabalho serão indicados pelos titulares dos órgãos que o integram, no prazo de trinta dias da publicação deste Decreto, e designados pelo Secretário Especial de Políticas para as Mulheres.

§ 2o O coordenador do Grupo de Trabalho poderá convidar representantes de outros órgãos e entidades para participarem de suas reuniões.

§ 3o O Grupo de Trabalho poderá contar com subgrupos temáticos.

Art. 3o O apoio técnico-administrativo necessário ao desenvolvimento das atividades do Grupo de Trabalho será prestado pela Secretaria Especial de Polícias para as Mulheres.

Art. 4o O Grupo terá prazo de noventa dias para conclusão dos seus trabalhos, a contar da sua designação, podendo ser prorrogado, por igual período, pelo Secretário Especial de Políticas para as Mulheres.

Art. 5o A participação no Grupo de Trabalho será considerada serviço público relevante, não remunerado.

Art. 6o Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 8 de março de 2010; 189o da Independência e 122o da República.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
Dilma Rousseff

Este texto não substitui o publicado no DOU de 9.3.2010

CENTENÁRIO DO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Uma pausa para refletir sobre os direitos a serem conquistados bem como os que foram conquistados com muita luta e sacrifício. Afinal, eles podem parecer naturais como o ato de respirar, mas na verdade foram e tem sido conquistados dia a dia:

"No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU."

Blog "Sala de Leitura" da CUFA-Central Única das Favelas, Espaço Cultural Cidade de Deus

segunda-feira, 8 de março de 2010

Brasil terá a eleição mais feminina da história em 2010

Fonte: Agência Brasil

Brasília - As eleições gerais deste ano deverão ser marcadas pela maior participação das mulheres nos resultados. Isso porque o Brasil tem mais eleitoras do que eleitores, é provável que haja maior número de candidatas do que nas últimas eleições e a disputa ao cargo de presidente da República tende a ter entre os principais candidatos duas mulheres com grande visibilidade nacional.

Desde o início deste século, as mulheres se tornaram maioria no eleitorado. No pleito municipal de 2008 havia quase 5 milhões de eleitoras a mais do que eleitores, um percentual de quase 4% em favor das mulheres, proporção que pode ser decisiva em disputas acirradas. A maior participação das mulheres tem sido observada desde as eleições parlamentares de 1974, ainda à época do regime militar, quando também se verificou o aumento da participação feminina no mercado de trabalho.

Essas dinâmicas, no entanto, não favoreceram a eleição de mais mulheres. Se elas hoje são maioria no eleitorado, estão sub-representadas em todos os cargos eletivos. O Brasil tem apenas três governadoras, dez senadoras, 45 deputadas federais, 106 deputadas estaduais, 505 prefeitas e 6.512 vereadoras. O país ocupa o 142º lugar em representação feminina, segundo a Inter-Parliamentary Union, atrás dos países desenvolvidos, de quase todos os latino-americanos e de outras nações de língua portuguesa como Angola e Moçambique.

O quadro de baixa representação poderá, no entanto, começar a ser alterado a partir de outubro com uma ligeira mudança na legislação eleitoral. A partir de agora, os partidos são obrigados a "preencher" e não apenas a "reservar" 30% das candidaturas para as mulheres.

"Mudar a semântica pode fazer toda a diferença", prevê Marlise Matos, chefe do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A professora espera que a obrigação legal mude a cultura partidária. "As lideranças partidárias costumavam dizer que não conseguiam completar as cotas porque as mulheres não têm ambição política", conta.

"Nossas pesquisas comprovam que é um argumento completamente falacioso. As mulheres participam politicamente, elas são filiadas em maior número a partidos políticos do que os homens e estão nas bases dos movimentos sociais", assinala a acadêmica.

O aumento do número de candidatas pode levar à eleição de mais mulheres, espera o demógrafo José Eustáquio Diniz Alves, professor titular da Escola Nacional de Ciências Estatísticas, ligada ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para ele, o aumento de candidatas e de eleitas vai "refletir o emponderamento das mulheres".

Além de mais candidaturas para todos os cargos em disputa, as eleições de 2010 chamam a atenção pela provável presença de duas mulheres entre os principais candidatos à Presidência da República.

Na avaliação de analistas, Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PV) forçarão a discussão em torno de assuntos que mobilizem mais as mulheres. "Com duas candidatas, duas mulheres notórias, certamente a questão de gênero estará mais presente no debate eleitoral", prevê Neuma Aguiar, professora de sociologia da UFMG.

"Os candidatos vão ter que tocar nessa questão de gênero e como vão ser formuladas as políticas para que haja melhoria na vida das mulheres", acrescenta.

Para Antônio Lavareda, que preside uma empresa de consultoria especializada em marketing político, as mulheres tendem a ter um comportamento eleitoral pragmático. "São eleitoras mais focadas em temas concretos e menos afetadas por temas de cunho político e ideológico. Elas dão mais atenção a assuntos como educação, saúde das crianças, segurança pública, preço dos alimentos e custo de vida porque estão às voltas com o abastecimento de bens e serviços de sua casa", analisa.

Segundo Lavareda, as mulheres têm mais facilidade para mudar a intenção de voto durante a campanha eleitoral ou esperar mais tempo para tomar a decisão. "Parece que as mulheres votam com mais cuidado, observando e avaliando mais e decidindo seu voto mais tardiamente", compara.

Segundo pesquisa de opinião do Instituto Datafolha, de 24 e 25 de fevereiro, o percentual de homens indecisos quanto às candidaturas à Presidência da República é de 15%, enquanto entre as mulheres é de 23%.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Pentágono social

Fonte: Reuters

O Pentágono autorizou o uso do Twitter, Facebook e outros sites da chamada Web 2.0 pelas Forças Armadas dos Estados Unidos alegando que os benefícios da mídia social superam as preocupações de segurança.
A decisão, que surge em um período de preocupação renovada com a segurança da computação, se aplica apenas às redes militares não sigilosas, mas pode significar mudança considerável para grande parte das forças armadas – inclusive para os fuzileiros navais, que haviam adotado proibições seletivas a sites de mídia social nos computadores de trabalho da corporação.
O Departamento da Defesa também tem restrições ao acesso a certos sites que consomem muita banda, como o YouTube, desde 2007 .
“O propósito dessa norma é reconhecer que precisamos tirar vantagem das capacidades que a Internet oferece. Essas ferramentas de Web 2.0 precisam ser parte daquilo que utilizamos”, disse David Wennergren, secretário assistente da Defesa, à Reuters. “E aquilo que tínhamos eram abordagens inconsistentes. Alguns sites eram bloqueados e alguns comandos bloqueavam coisas”, acrescentou.
A mídia social é cada vez mais importante nas forças armadas dos EUA. O almirante Mike Mullen, chefe do Estado-Maior Conjunto e principal comandante militar dos EUA, usa o Twitter e tem mais de 16 mil seguidores. O Comando Sul dos EUA também ofereceu atualizações operacionais via Twitter sobre as atividades de assistência no Haiti.
O secretário da Defesa dos EUA, Robert Gates, 66, disse que deseja usar a mídia social para ajudar o Pentágono a interagir com os integrantes das forças armadas do país, muitos dos quais, jovens na casa dos 20 anos.
Os oponentes da decisão mencionaram o risco de vazamento de informações, de abertura de entradas para hackers e de uso excessivo da banda disponível na rede do Departamento da Defesa.
A nova regra determina que os comandantes ainda terão de se defender contra ataques de hackers e bloquear o acesso online a sites de pornografia, jogos de azar e que promovam “atividades relacionadas a crimes de ódio”.

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

Um dos componentes principais identificados no conjunto Segurança da Informação e Comunicações é o homem. Não adianta existir um grande aparato tecnológico se o homem não estiver preparado, equipado e motivado para agir. E essa preparação envolve políticas, normas, procedimentos e treinamento organizacional.
A segurança, mais do que um simples produto ou tecnologia que se pode adquirir, aplicar e esquecer, mais do que um comprimido (tecnológico ou monetário) supressor de sintomas, é um processo contínuo e abrangente, com implicações em todas as áreas empresariais, desde a Administração aos colaboradores que executam as operações quotidianas mais elementares. É um processo em permanente evolução, mutação e transformação, que requer um esforço constante para o seu sucesso e uma forte capacidade para provocar e gerir mudanças, tanto nos hábitos instituídos como na infra-estrutura de suporte da organização. [1]
As políticas, normas e programas de treinamento em segurança da informação devem contemplar o adequado equilíbrio dos aspectos humanos e técnicos da segurança da informação, em contraposição aos modelos de políticas atuais, extremamente voltados às questões tecnológicas. Tal abordagem visa a dar às políticas, normas e programas de treinamento formulados uma abordagem social, de caráter humanista, centrada nos pontos de vista do agente e que se contraponha aos modelos tecnicistas atuais.

Para tanto, procedeu-se a uma aprofundada coleta de artigos e trabalhos nas áreas tanto da segurança da informação quanto da formulação e implementação de políticas de caráter público e organizacional.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
[1] SILVA, Pedro Tavares et allii – Segurança dos sistemas de Informação - Centro Atlântico – PT – Portugal, 2003.
[2] ABNT NBR ISSO/IEC 17799:2005, Segunda Edição 31.08.2005. Válida a partir de 30.09.2005.