quarta-feira, 31 de agosto de 2011

AMBIENTALISMO

Por muitos anos a relação mais difundida entre a economia e o ambiente usava uma lógica de soma zero do tipo Vencedores e Perdedores. Você poderia ter crescimento econômico ou proteção ambiental, mas não ambos. Se desejasse um ambiente mais limpo, seria preciso gastar dinheiro em estudos, catalisadores e filtros de carvão para chaminés. Se você fosse pró-crescimento, significaria que se oporia ao ambientalismo. As pessoas ficaram fechadas em posições polarizadas pela lógica do debate.

Hoje, a lógica do "desenvolvimento sustentável" sugere que tanto o crescimento econômico quanto a qualidade ambiental são possíveis - se as pessoas enfrentarem o desafio de satisfazer ambos os critérios. Isso significa desenvolver novas tecnologias que cortem o desperdício e economizem energia. (Peter Schartz, in A Arte da Visão de Longo Prazo).

Nenhum comentário: