sexta-feira, 20 de abril de 2012

BRASÍLIA VISTA DA JANELA DO MEU ESCRITÓRIO

Depende de nós, se este mundo ainda tem jeito, apesar do que o homem tem feito.
Brasília, hoje à tarde. 20 de abril de 2012.

terça-feira, 17 de abril de 2012

MEN

"Man has lost the capacity to foressee and to forestall He will end by destroying the earth". (The environmental movement, in 1962.)

segunda-feira, 16 de abril de 2012

SEGURANÇA ATUAL






Esse é o título de uma revista digital, realizada por colegas que fizeram o curso Segurança da Informação e Comunicações, patrocinado pela Presidência da República em convênio com a Universidade de Brasília. Não deixe de conferir. O endereço do site é http://jornalsic.wordpress.com/

PAULO FREIRE - RECONHECIMENTO - QUAE SERA TAMEN

Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos


LEI Nº 12.612, DE 13 DE ABRIL DE 2012.

Declara o educador Paulo Freire Patrono da Educação Brasileira.


A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1o O educador Paulo Freire é declarado Patrono da Educação Brasileira.

Art. 2o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 13 de abril de 2012; 191o da Independência e 124o da República.

DILMA ROUSSEFF
Aloizio Mercadante

quarta-feira, 4 de abril de 2012

PARA QUE SERVE A HISTÓRIA?

Narra a Bíblia que Abrão residia, com sua família, em uma cidade chamada Ur, na Caldéia.
Estando Abrão em sua cidade,ouviu a voz de Deus que lhe dizia para sair do meio da sua parentela e se dirigir a um lugar desconhecido, que o Senhor lhe indicaria. E, que, o mesmo Deus faria de Abrão uma grande nação.
Abrão abandonou Ur e seguiu com sua esposa Sara e seu sobrinho Lot para o desconhecido, sem ter noção de para onde estava se dirigindo, seguindo somente a ordem de Deus.
Depois de um tempo de caminhada chegaram a um lugar que se bifurcava onde Abrão solicitou a Lot que escolhesse para onde queria seguir, ficando ele com a segunda opção, com os seguintes dizeres: "Se escolheres a esquerda eu irei para a direita e se escolheres a direita eu irei para a esquerda".
Assim começa a história do povo hebreu que foi posteriormente escravo no Egito por quatrocentos anos.
A promessa feita por Deus a Abrão, porém, não se apagou da mente dos hebreus, que sempre souberem que o Senhor reservara para eles uma pátria.
Com o nascimento de um menino hebreu na época que o faraó do Egito havia decretado a morte de todo e qualquer menino hebreu de dois anos para baixo, começa a mudança da sorte dos hebreus.
Uma hebréia deu a luz a um menino e não tendo coragem de declarar o seu nascimento, em virtudo do decreto de morte do faraó, escondeu-o por quatro meses e não o podendo manter mais escondido, fez um cesto de junto e colocando o menino dentro dele soltou-o no Nilo, enquanto a filha de faraó e suas servas tomavam banho nas margens do rio.

terça-feira, 3 de abril de 2012

Ato de militares em defesa do golpe de 1964

FRASE QUE FOI PRONUNCIADA
Ana Maria de Holanda Cavalcanti, 62: "Vi o chamado no Facebook. A ditadura não pode ser comemorada. É como se os alemães comemorassem o nazismo".
(Jornal Folha de São Paulo - 30/03/2012)