segunda-feira, 6 de maio de 2013

O oceano azul

O oceano zul está aí, basta conhecer ao redor que saberá onde está o seu oceano. Não custa nada tentar.
Apenas preste atenção no que está acontecendo. A senadora Marina já disse várias vezes a deixa, a chave, o sinal. Nada detem uma idéia quando chegou a hora dela nascer e crescer.
Nós não precisamos, como seres humanos, vivermos aprisionados às idéias dos outros seres, iguais a nós, criados com as mesmas imperfeições e sutilezas, apenas pelo medo de arriscar.
Vejam o que fez a Islândia, quando a crise economica eclodiu e mostrou para todo o mundo o que havia por trás de sistemas perfeitos e bem armados.
Por trás de tanta ideologia e conhecimentos econômicos que não poderiam ser compartilhados com o povo, porque este não entenderia e "nem devia", pois do contrário frustaria as intenções dos tubarões.
Nós todos sabíamos, há muito tempo que o sistema econômico como estava e está constituido não se sustentaria, nós todos percebíamos, mas não tinhamos coragem de arriscar.
Agora, só não vê quem não quer, que os poderosos estão lutando desesperadamente para manter o seu poder, mas que perderam a credibilidade.
O povo não acredita mais.
Todas as pessoas, nos mais recôndicos rincões desse país já perceberam que o rei está nu, ou que a rainha está despida.
Não têm mais nada a oferecer.
Nesse momento, em que tantos já morreram em enchentes por descaso do poder publico, e sobretudo pela corrupção que não permite que os recursos cheguem aos mais necessitados, que tantos já perderam a vida na violência das cidades grandes, que tantos já viram suas crenças ruirem, resta uma esperança.
Nós não estamos sós.
Porque se dermos as mãos poderemos mudar essa nação e mais do que isso, podemos mudar a nossa vida.
Se cada um de nós, em vez de ficar se escondendo e dizendo como se fosse uma coisa engraçada que não gosta de política, tomasse o rumo da sua vida, se importando com ela, se importando com a educação dos seus filhos, com a saude e a segurança dos seus, estaríamos no caminho, no caminho do ativismo autoral, que nós também fazemos questão de não querer saber o que é, e da Democracia Ativa.
Tenho certeza que você conhece essa letra, mesmo que a tenha conhecido em outra lingua ou em outro contexto:

Você pode dizer
Que sou um sonhador
Mas não sou o único
Tenho a esperança de que um dia
Você se juntará a nós
E o mundo será como um só

Imagine não existir posses
Me pergunto se você consegue
Sem necessidade de ganância ou fome
Uma irmandade do Homem
Imagine todas as pessoas
Compartilhando todo o mundo

You may say
I'm a dreamer
But I'm not the only one
I hope some day
You'll join us
And the world will be as one


Nenhum comentário: