sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

ENQUANTO ISSO NO MARANHÃO...

Bando rouba mais de R$ 1 milhão em ataque a carro-forte no Maranhão.

Cerca de 20 homens atacaram veículo da empresa Servi-San na BR-230.

Quadrilha estava armada com metralhadoras e fuzis.

Uma quadrilha fortemente armada conseguiu interceptar e explodir, no fim da tarde de terça-feira (17), na BR-230, um carro-forte da empresa Servi-San, e roubar mais de R$ 1 milhão. O assalto, segundo a Polícia Civil, ocorreu entre as cidades de São João dos Patos, no Maranhão e Floriano, no Piauí.

Ainda de acordo com as investigações, o bando teria se aproximado do veículo de transporte de valores na altura do km 68, próximo ao povoado Dois Irmãos, distante cerca de 20 km da cidade de Guadalupe-PI. A quadrilha estava em duas Hilux SW4 de cor branca.

Para dominar os funcionários da empresa de vigilância, os bandidos atiraram nos pneus do veículo. Os seguranças ainda tentaram afugentar os assaltantes, disparando contra eles, mas não suportaram o poder de fogo e foram dominados pelos criminosos.

Depois de render as vítimas e recolher todo o dinheiro que estava no veículo blindado, o bando fugiu rumo a uma localidade chamada Jiló dos Noletos, e lá atearam fogo nas caminhonetes que usaram no assalto. Em seguida, todos os quadrilheiros fugiram a pé.

Como o assalto aconteceu em uma região fronteiriça, as investigações e buscas pela quadrilha correm na responsabilidade das policiais do Maranhão e do Piauí. Além do efetivo policial maranhense da região, as polícias de Guadalupe e Uruçuí, no Piauí, trabalham no caso.

"Os funcionários da empresa do transporte de valores, contaram em depoimento que cerca de 20 homens participaram da ação criminosa, armados com metralhadoras calibre ponto 50; fuzis 7.62 e 5.56, e escopetas 12", revelou o delegado Luís Jorge Matos, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

Conforme ainda o delegado, as vítimas informaram que a quantia roubada foi de R$ 1.250.000,00, dinheiro arrecadado de bancos em cidades maranhenses.

O bando, segundo a polícia, pode ser oriundo do estado da Bahia. "Os vigilantes relataram que os assaltantes tinham sotaque baiano. Uma das vítimas foi baleada e está internada em Teresina-PI", completou o delegado Luís Jorge Matos, titular do Departamento de Combate a Roubo a Instituições Financeiras (DCRIF), da Seic.

Fonte: G1 (19/12/2013)

Matéria enviada por Cesar Augusto de Souza Gomes – GSBEL

Nenhum comentário: