quarta-feira, 2 de abril de 2014

PELO BEM DE BACABAL - UM APELO

Queridos amigos, conterrâneos, naturais da cidade de Bacabal, Maranhão, espalhados pelos quatro cantos do mundo.

Bateu uma tristeza, uma nostalgia, um desalento, quando li no facebook, opiniões de outros maranhenses, residentes em São Luís, que na sua passagem por Bacabal, tiveram uma péssima impressão do estado da cidade e como estamos na era do virtual, resolvi lançar essa campanha digital a todos vocês para que juntos, iniciemos um movimento em prol do desenvolvimento de uma simples cidade do interior do Maranhão, que representa muito para nós todos.

Movimento apolítico, ético e avançado. Vamos criar uma sociedade do futuro, vamos usar o que temos em mãos para mudar a história. Topam? O que pode estar acontecendo com a nossa querida cidade, além do desamparo por parte dos políticos mais poderosos? Certo desânimo da população?

Um município, encravado em um estado que tem tido tantos problemas, pode se desenvolver? Até agora eu nunca vi algo igual. Mas nós estamos aqui para fazer coisas naturais? Ou estamos ousando muito mais? Eu acredito (e essa é a palavra que me move a escrever esta carta aberta aos bacabalenses) que um município pode melhorar o ambiente empreendedor e apoiar pequenos negócios que alavancariam a sua economia e se constituiriam em um fator de melhoramento da distribuição de renda na cidade.

Eu acredito que um município pode descobrir caminhos que reduzam sua dependência de recursos do Estado e da União. E é nessa tecla que quero tocar.

Um município pode assumir a responsabilidade pelo seu próprio desenvolvimento aproveitando suas vocações econômicas, seus recursos e potencialidades.

Precisamos descobrir qual a vocação econômica da cidade de Bacabal. Não é mais o babaçu, eu acho, não é mais o beneficiamento de arroz, não é mais o óleo de babaçu. O que seria?

Precisamos de uma equipe econômica.

Quem é economista e detém as condições de ser filho da melhor cidade do Maranhão e querer lutar por ela?

Valores nós temos muitos, espalhados pelo mundo todo. Médicos, nutricionistas, esteticistas, advogados, economistas, professores e demais profissões.

O empreendedor não está no Estado ou no País.

Ele está no município. Daí a necessidade de envolver a comunidade local quanto à implantação de medidas que contribuam para facilitar o desenvolvimento da cidade.

O governo municipal tem um papel de destaque a realizar para gerar emprego, renda, dinamizar o comércio, o turismo, apoiar o associativismo e estimular a sustentabilidade dos programas sociais e de apoio solidário.

Podemos contar com o governo e ele pode contar conosco? This is the question.

Quem se habilita? Quem responde presente à essa chamada?

Quem já viu um apelo desses em algum lugar e quem quer ser o primeiro a realizar algo que só existe até agora na nossa imaginação?

QUEREMOS IDÉIAS, QUEREMOS IDEAIS, QUEREMOS IDEALISTAS, QUEREMOS BACABALENSES ARROJADOS E DISPOSTOS A ENCAMPAR UMA CAUSA QUE PODE PARECER UM SONHO!!!

Nenhum comentário: